O espanhol Dani Sordo em Hyundai i20 Coupé fecha a liderança no segundo dia de corrida

ACI Rally Monza mais desafiador e espectacular do que qualquer previsão, a sétima e última prova do Campeonato Mundial de Rally da FIA continua a revelar seu carácter forte em todas as suas características também devido às condições climáticas que tornam a cada metro corrida cheia de armadilhas.
Depois de 6 especiais, uma disputada na quinta-feira e as outras hoje na sexta-feira, 4 de dezembro, a prova organizada pelo Automóvel Clube da Itália já teve três mudanças na liderança. Protagonistas Sabastien Ogier, da Toyota, no comando após o primeiro teste, Dani Sordo na liderança após a etapa. 2, depois ultrapassado por Esapekka Lappi, Ford, e em conclusão novamente Sordo que fechou assim o segundo dia de competição na liderança da Equipa Mundial de Ralis Hyundai i20 Coupè WRC Shell Mobis comandada por Carlos Del Barrio.
" Obviamente a Itália é boa para mim - disse Dani Sordo. vencedor do Rally Italia Sardegna realizado em outubro, no final da etapa. As condições eram muito difíceis, mas imediatamente encontrei grande confiança com o carro ".

A classificação agora vê o finlandês Esapekka Lappi em segundo lugar junto com Janne Ferm no Ford Fiesta WRC, e em terceiro Sebastien Ogier, com Julien Ingrassia, Toyota Yaris Wrc. Na quarta posição, o actual líder mundial Elfyn Evans, o britânico que ao volante do Toyota Yaris WRC, falou de uma etapa que certamente foi difícil para ele, também devido a alguns problemas que o atrasaram um pouco. Os cinco primeiros concluídos pelo Campeão do Mundo em título Ott Tanak, o Estónio Hyundai i20 Coupé WRC, concentrou-se em evitar erros tendo em vista os próximos dois dias de corrida. O sexto lugar para o jovem finlandês Kalle Rovanpera, que perdeu algo no Toyota Yaris WRC ao atingir o seu ritmo no PS 3.

Chuva e lama tornaram os testes na área do Autódromo Nazionale particularmente insidiosos, também traindo alguns pilotos importantes como Thierry Neuville, Hyundai, por um toque, Teemu Sunninen, Ford por problemas de motor e Greensmith, Ford por sair da estrada.
Matteo Gamba, de Bérgamo, navegado pelo especialista Nicola Arena, no Skoda Fabia, também está confirmado no final do segundo dia, após o PS "PZero Grand Prix", primeiro dos italianos, com a 19ª posição na classificação geral.
Pontus Tidemand on Skoda Fabia é o primeiro na classificação do WRC 2 , o sueco venceu o 4º e 5º contra-relógio. Precisamente na 5ª especial, a ultrapassagem contra o jovem francês Adrien Formaux, também na Skoda Fabia, protagoniza 4 contra-relógio e depois rebaixa para a 2ª posição devido a um furo na traseira direita na 5ª etapa. O terceiro foi o norueguês Mads Ostberg em um Citroen C3, lutando contra a superfície escorregadia.
Excelentes actuações do WRC 3 , onde o norueguês Andreas Mikkelsen ao volante do Skoda é o primeiro na categoria de equipas privadas do Carro Regional, na qual já venceu todas as provas até agora, e o sétimo na classificação geral. Um duelo acalorado pelo segundo lugar entre os muito jovens filhos da arte, o sueco Emil Lindholm e o norueguês Oliver Solberg, ambos no Skoda Fabia.

O espírito competitivo entre os mais jovens do FIA Junior WRC é elevado , tudo no Ford Fiesta Rally4 editado pela M-Sport. Tom Kristensson estava pronto para assumir a liderança depois do PS 3, quando Sami Pajari se retirou para um toque. A partir desse momento, o sueco se alongou e abriu espaço entre ele e a competição. Segundo colocado para Martins Sesks, o letão navegou por Renars Francis e líder do ranking mundial, que actualmente precede o peruano Fabrizio Zaldivar.

O piloto da ACI Team Italia , Fabio Andolfi, foi forçado a render-se devido a uma falha de motor , enquanto se encontrava na 3ª posição. Quinta vitória em sete corridas para os ex - campeões italianos de Rally JuniorAndrea Mazzocchi e Silvia Gallotti, que venceram todas as provas na batalha entre lama e chuva no Autódromo Nazionale Monza na última jornada do Tricolore que terminou hoje. O Piacenza fecha 2020 com mais um sucesso o Campeonato Italiano de Ralis Júnior, desta vez no âmbito Mundial, oportunidade oferecida pela Federação. Desempenho mais do que positivo para Pederzani-Paganoni, segundo à frente de Rosso-Ferrari no pódio das equipes da ACI Team Italia no Ford Fiesta Rally4. Aposentadoria antes do último teste de Cogni-Zanni devido ao para-brisa embaçado que afectou toda a corrida.

No total, 77,24 km foram percorridos no segundo dia, dos quais 69,61 foram divididos em 5 provas de tempo. As tripulações preparam 385,96 Km para a 2ª etapa, que com 7 especiais e 126,95 Km cronometrados, será a mais longa do rali organizado pelo Automóvel Clube D'Italia, sempre em directo no WRC + e com transmissão ao vivo pela RAI Sport às 9 e 14.30.

Amanhã sábado, 5 de dezembro, definitivamente o dia mais movimentado do ACI Rally Monza. Partida de impacto na SS "Selvino" (25,06 km) a etapa mais longa da corrida que atinge uma altitude de 1100mt. Um trecho tão completo quanto único, com tudo o que se pode esperar de uma estrada de montanha: subidas, descidas, primeiro mais largas, depois mais estreitas, entre trechos lentos e rápidos. Seguido pelo SS "Gerosa", outro teste que será proposto duas vezes ao vivo, o mais curto do passeio e provavelmente o mais imprevisível, com um início em aclive para antecipar alguns gargalos, depois um ligeiro declive com vários pontos de difícil estrada até interpretar que eles vão testar as tripulações.

Outro teste consistente é o SS "Costa Valle Imagna" (22,17 km), um clássico desfiladeiro de montanha a 1340m de altitude caracterizado por uma passagem central muito rápida antes da descida final. O dia termina com a repetição do "Grand Prix". em relação à previsão do tempo e de acordo com a FIA, por decisão dos comissários, as tripulações puderam aumentar para dois o número de pneus de neve disponíveis.

CLASSIFICAÇÃO ABSOLUTA TOP10 ACI RALLY MONZA APÓS SS6: 
1. Sordo-Del Barrio (Hyundai i20 Coupè WRC) 53'29,3; 
2. Lappi-Ferm (Ford Fiesta WRC) +1,0; 
3. Ogier-Ingrassia (Toyota Yaris WRC) +12,0; 
4. Evans-Martin (Toyota Yaris WRC) +17,1; 
5. Tanak-Jarveoja (Hyundai i20 Coupè WRC) +17,7; 
6. Rovanpera-Halttunen (Toyota Yaris WRC) +24,8; 
7. Mikkelsen-Jaeger (Skoda Fabia Evo Rally2) + 1'04,2; 
8. Veiby-Andersson (Hyundai i20 Coupè WRC) + 1'14,3; 
9. Lindholm-Korhonen (Skoda Fabia Evo Rally2) + 1'56,7; 
10. Solberg-Johnston (Skoda Fabia Evo) + 1'57,9

CLASSIFICAÇÃO DE WRC2 APÓS SS6: 
1. Tidemand-Barth (Skoda Fabia Evo) 55'43,1; 
2. Fourmaux-Jamoul (Ford Fiesta MKII) +6,8; 
3. Ostberg-Eriksen (Citroen C3) +12,4; 
4. Kopecky-Hlousek (Skoda Fabia Evo) +19,9

CLASSIFICAÇÃO DE WRC3 APÓS SS6: 
1. Mikkelsen-Jaeger (Skoda Fabia Evo) 54'33,5; 
2. Lindholm-Korhonen (Skoda Fabia Evo) +52,5; 
3. Solberg-Johnston (Skoda Fabia Evo) +53,7; 
4. Huttunen-Lukka (Hyundai i20 NG Rally2) + 1'06,8; 
5. Kajetanowicz-Szczepaniak (Skoda Fabia Evo) + 1'29,7; 
6. Bulacia-Der Ohannesian (Citroen C3) + 2'08.1

CLASSIFICAÇÃO DE JWRC APÓS SS6: 
1. Kristensson-Sjoberg (Ford Fiesta) 59'50,3; 
2. Sesks-Francis (Ford Fiesta) + 2'20,2; 
3. Zaldivar-Penate (Ford Fiesta) 2'56,9; 
4. Bell-Garrod (Ford Fiesta) 4'10,2

Monza (MB), sexta-feira, 4 de dezembro de 2020